Notícias

Viagens corporativas: o impacto do coronavírus no setor

Postado em 06/05/2020

Viagens corporativas: o impacto do coronavírus no setor


Um panorama sobre o que muda nas políticas de viagens corporativas após o Covid-19

A pandemia do novo coronavírus que assola o mundo e os sistemas de saúde impacta também a economia e seus diversos setores. Em se tratando de viagens corporativas, a discussão atual é sobre a falta de procedimentos específicos relacionados a imprevistos e doenças. Quais são ações necessárias a fim de proteger colaboradores em deslocamento? 

‘Duty of care’, o dever de cuidado, é um termo internacional que caracteriza os cuidados com pessoas durante uma atividade profissional

Assim como em outras áreas, no turismo corporativo as empresas têm a obrigação legal de cuidar de seus funcionários quando estão executando suas atividades profissionais. Prezar pela segurança e saúde de colaboradores em tempos de coronavírus é algo que levou milhares de companhias a criarem estratégias de emergência para enfrentar a crise. Conheça algumas delas: 


Focar na segurança

Mais do que nunca, alguns detalhes sobre segurança precisam ser discutidos para viagens corporativas. Uma linha direta com os colaboradores para entender as rotinas das viagens de negócios se faz urgente. Alguns pontos devem ser discutidos e decididos, conforme a experiência do funcionário quando em deslocamento. Exemplos de novas orientações são a contratação obrigatória do seguro viagem e a realização de reservas somente em parceiros homologados. Definir perfis de hospedagem também é preciso: preferir hotéis em localizações seguras e com wi-fi é a condição do momento;


Aliar informações e tecnologia

A preocupação gerada pela Covid-19 leva gestores e empresas a maior necessidade de controle sobre colaboradores em viagem empresarial. Sendo assim, centralizar informações sobre rastreabilidade é fundamental. A tecnologia funciona como aliada para que a gestão seja facilitada, uma vez que não é fácil obter informações de voos, hospedagem e traslado de, em muitos casos, mais de uma dezena de colaboradores. Desta forma é possível economizar tempo e ser assertivo no suporte;


Comunicação constante

Manter contato frequente com o colaborador em viagens corporativas têm se tornado uma nova forma de gerir pessoas no turismo de negócios. Para isso, é preciso elaborar, discutir e definir planos de ação emergenciais para situações de crise. Somente assim a política de viagens de uma empresa estará preparada para lidar com imprevistos e contratempos. 

 

Essas são apenas algumas das medidas que temos observado na prática. Como agência de viagem corporativa, a Tristar Turismo está atenta aos acontecimentos para prestar o melhor serviço e dar suporte aos nossos parceiros. Se o coronavírus trouxe algo de útil ao mundo do turismo de negócios, certamente foi  o crescimento dos cuidados com o colaborador, o aumento do feedback e da confiança entre empresa e funcionário e o maior comprometimento da equipe.

 

 

Tristar Turismo está preparada para buscar e oferecer soluções eficientes e personalizadas. 

Saiba mais sobre os serviços de Viagem Corporativa 

Acesse Nossa Página no facebook.com/TristarTurismo/ 

Conheça também nosso site tristaroperadora.com.br/ 

Entre em contato conosco teremos muito prazer em atendê-lo. 

Voltar